Inside Sales: como vender sem sair do escritório + bônus

inside sales

Com o aumento de empresas que utilizam estratégias de marketing digital atualmente, os velhos costumes de captação de clientes se tornaram obsoletos. Com isso, a prática de Inside Sales mostrou que veio para ficar.

Atualmente, com o uso da tecnologia para resolver os problemas do dia a dia, tanto pessoais como profissionais, o modelo antigo de vendas não é mais tão eficaz. Isso porque é muito mais simples conseguir clientes com as práticas digitais.

Além de economizar tempo e recursos, é mais funcional que sua equipe de vendas trabalhe através do contato virtual. Claro, a relação com o cliente é importante, e os encontros presenciais fazem com que esse laço fique mais forte, mas uma boa equipe sabe balancear os dois lados e encontrar um ponto de equilíbrio.

Quer entender quais são os pontos fortes do Inside Sales e como esse método pode ajudar sua empresa a economizar tempo e dinheiro? Confira neste artigo!

Inside Sales vs. Visitas de campo

Assim como alguns aspectos da vida pessoal, mudanças nas atividades profissionais também causam impactos nas equipes e empresas. Não é fácil mudar do dia para a noite, principalmente quando já se está acostumado a trabalhar de uma certa forma por muito tempo.

Com o avanço da tecnologia na vida cotidiana, era mais do que certo que ela iria invadir o ambiente profissional e mudar diversas práticas que antes pareciam insubstituíveis. Com o modelo de vendas e negócios não foi diferente.

Ir atrás de seu cliente, bater de porta em porta, marcar visitas e reuniões presenciais são práticas que perderam a força com a implementação do Inside Sales nas empresas.

Portanto, captar seu cliente de forma digital, o que não deve ser confundido com telemarketing, é uma forma mais simples e econômica de aumentar as vendas. 

Veja a seguir quais os benefícios e as melhores ferramentas para conseguir implementar o Inside Sales em sua empresa:

Benefício 1 – Valorização do tempo

inside sales
Um dos pontos positivos do inside sales é a economia de tempo. Fonte: Pixabay

Você provavelmente já ouviu a frase “tempo é dinheiro” mais de uma vez. E ela não é apenas um ditado. 

Certamente, para um profissional de vendas, perder tempo é um prejuízo muito grande para si mesmo e para a empresa em que ele trabalha. A demora em fechar um negócio ou insistir em um lead não qualificado é muito desgastante e pode afetar negativamente os resultados da equipe. 

Imagine, por exemplo, marcar uma reunião com um cliente e, 10 minutos antes, ela ser cancelada. Ou até mesmo encontrar um possível cliente e a venda não ser concretizada, pois a pessoa não se identificou com o seu produto.

Esses e mais fatores fazem com que as empresas percam tempo valioso. 

Entrar em contato com vários clientes virtualmente, utilizar ferramentas que qualificam os leads e materiais que explicam mais sobre o produto fazem com que a economia de tempo e recursos seja grande. Tudo isso colabora para que o resultado final seja positivo e a venda finalizada com rapidez e efetividade.

Benefício 2 – Diminuição de desperdícios

Anteriormente, citamos que a diminuição de encontros presenciais faz com que os desperdícios também diminuam. Isso porque nem sempre o cliente estará disponível para atender o vendedor no horário combinado, mesmo que o profissional já tenha se deslocado e utilizado recursos para isso.

Além disso, pode ser que aquele lead não esteja tão informado sobre seu produto como você imagina. As, podem ser necessárias mais de uma visita, o que faz com que o retrabalho seja grande e torne a jornada cansativa e prejudicial ao orçamento da equipe. 

Benefício 3 – Produtividade da equipe

Com a implementação do Inside Sales em sua empresa, é possível entrar em contato com vários clientes ao mesmo tempo, sem precisar se deslocar e perder tempo com visitas presenciais que não são necessárias.

A equipe terá mais produtividade, já que pode responder às dúvidas dos clientes com materiais e conteúdo que estão ao alcance dos dois. O Inside Sales também utiliza ferramentas que facilitam todo esse processo da equipe de vendas, fazendo com que o tempo seja bem aproveitado. 

Ferramentas usadas na implementação do Inside Sales

É claro que a equipe de vendas não realizará todo o trabalho sozinha. O Inside Sales utiliza diversas ferramentas feitas para melhorar ainda mais o desempenho de sua empresa e gastar menos tempo com atividades repetitivas e desnecessárias.

Ferramenta 1 – Contato por telefone e e-mail

inside sales
Saiba quais as melhores estratégias do Inside Sales. Fonte: Pixabay

Contatar pessoas por telefone para saber se estão interessadas em seu produto é um trabalho do telemarketing. A diferença entre esta prática e o Inside Sales é a necessidade do cliente.

Ao entrar em contato com seu lead, você já saberá se ele é qualificado ou não. Não perderá tempo explicando tudo sobre seu produto, pois a pessoa já saberá do que se trata, buscando apenas responder dúvidas pertinentes e criando um caminho para que a venda seja concretizada.

Entrar em contato com os leads através do e-mail também é uma estratégia muito usada no Inside Sales, tanto com as newsletters quanto com o e-mail marketing. São formas de atrair novos clientes ou trazer de volta pessoas que já compraram com sua empresa anteriormente.

Ferramenta 2 – CRM

O CRM, sigla para Customer Relationship Management (ou Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente) é uma ferramenta muito valiosa para o Inside Sales. Dessa forma, é possível se organizar e manter contato com seus leads de uma forma mais prática.

Assista o vídeo abaixo e saiba como o CRM pode te ajudar:

INFOGRÁFICO BÔNUS: As principais práticas do Inside Sales

Para colocar todo este plano em prática, é necessário utilizar todas as dicas citadas acima com as melhores estratégias disponíveis para o Inside Sales. Acima de tudo, isso serve para avaliar da melhor forma as decisões tomadas pela sua equipe de vendas e melhorar seu desempenho para futuros contatos.

Dessa forma, seguir os KPIs adequados para o Inside Sales é essencial. KPIs, ou Key Performance Indicators (Indicadores-Chave de Desempenho), são métricas que mostram quais pontos sua empresa deve implantar para obter um melhor desempenho em vendas.

Confira no infográfico abaixo os 5 KPIs do método Inside Sales:

inside sales
É preciso conhecer os pilares do Inside Sales antes de aplicar este método à sua empresa. Fonte: Agendor

Conclusão

A troca do método convencional de vendas para o Inside Sales em sua empresa é essencial para que o desempenho de sua equipe melhore ainda mais. Portanto, a mudança do presencial para o digital e a implantação de novas tecnologias no dia a dia profissional mostram que essas práticas vieram para ficar.

Gostou deste artigo? Receba mais conteúdos como este assinando a newsletter da B2B Master!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.